A Câmara dos Deputados do Luxemburgo aprovou hoje o projecto-de-lei do Governo que visa reforçar as medidas de combate à pandemia do Covid-19, que inclui o encerramento de cafés, restaurantes e outros espaços públicos.

O projecto-de-lei foi aprovado com 31 votos a favor (DP, LSAP e Déi Gréng) e 29 contra (CSV, ADR, Piraten, Déi Lénk).

Assim, e já a partir desta quinta-feira (26), cafés, restaurantes, cinemas, teatros, piscinas e outros espaços públicos vão permanecer fechados até 15 de Dezembro.

O recolher obrigatório, entre as 23:00 e as 06:00, é igualmente prolongando ate 15 de Dezembro.

O documento aprovado hoje implica também a redução de convidados que poderá receber em sua casa, de quatro para duas pessoas.

EM RESUMO, O QUE MUDA:

– O recolher obrigatório será mantido entre as 23:00 e as 06:00 e prolongado até 15 de dezembro;

– Bares, cafés, restaurantes encerram, podendo fazer entregas ao domicílio;

– A recepção de pessoas em casa fica limitada ao máximo de 2, fora do agregado familiar;

– Locais culturais (salas de espectáculos, teatros, cinemas), à excepção de museus e bibliotecas, voltam a encerrar ao público;

– Desportos de pavilhão voltam a ser proibidos e os desportos ao ar livre limitados a 4 pessoas. Piscinas, ginásios, fitness, etc, encerram portas. As excepções contemplam apenas atletas profissionais;

– O comércio continuará em funcionamento, assim como cabeleireiros, salões de beleza, etc, mediante cumprimento das normas sanitárias em vigor;

– As escolas secundárias vão regressar ao sistema de ensino à distância, de forma intercalada, como aconteceu no confinamento, com os liceus (primeiros 4 anos) a funcionarem com grupos A/B, a partir de 30 de Novembro e até as férias do Natal.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade