A ministra da Família, Corinne Cahen, em conferência de imprensa, 28.04.2020 – SCREENSHOT LUX24

A ministra da Família do Luxemburgo, Corine Cahen, anunciou hoje que os idosos residentes em lares ou outras instituições de acolhimento vão puder receber novamente a visita de familiares.

Depois de cerca de sete semanas sem direito a visitas por causa da pandeia do Covid-19, os mais de 5.765 idosos residentes em lares ou estruturas de cuidados a idosos no país poderão voltar as ver os seus entes queridos, mas ainda com algumas reservas e cautelas.

Aqui ficam algumas recomendações do Governo:

– Os visitantes devem registar-se previamente antes das visitas, não podendo ir se tiver sintomas ou tiver contactado com uma pessoa positiva.

– Jovens com menos de 16 anos (no interior dos estabelecimentos) ou 12 anos (se no exterior) não podem efectuar visitas.

– Presentes ou roupas não podem ser entregues em mão.

– O uso de máscara é obrigatória para visitantes e residentes.

– Residentes com demência não devem usar máscara, mas são protegidos por uma janela de acrílico. Os mesmo acontecerá com pessoas que precisam de linguagem gestual.

– As mãos devem ser desinfectadas. Se o contacto é essencial (para ajudar a andar, por exemplo), deve ser usada um farda/peça de vestuário própria.

– O número de visitantes é limitado e as visitas serão feitas em determinados espaços específicos, que serão ventilados e desinfectados após a visita.

Corine Cahen referiu ainda que no que respeita a pessoas em cuidados paliativos ou no leito de morte também podem ser visitadas, de forma aos familiares “a despedirem-se com dignidade”, mas respeitando todas as regras de segurança.

O Luxemburgo regista até hoje um total de 89 mortes e 3.741 casos de infecção, sendo que, segundo Corine Cahen, 29 das vítimas mortais eram residentes em lares ou instituições de cuidados. Entre os 5.765 idosos residentes em lares ou estruturas de cuidados no país, há ainda 90 casos positivos de Covid-19 e 41 idosos estão considerados como recuperados.

 

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade