EM ACTUALIZAÇÃO

O Parlamento do Luxemburgo aprovou hoje a nova ‘lei Covid’ que renova todas as restrições em vigor até 25 de abril de 2021 por causa da pandemia da Covid-19.

O documento aprovado por maioria permite que o sector da hotelaria e restauração (HORESCA) possa reabrir as suas esplanadas/terraços já a partir de 07 de abril de 2021.

O prolongamento das medidas em vigor foi aprovado pela maioria governamental (DP, LSAP e Déi Greng) com 31 votos a favor e 29 contra de toda a oposição (CSV, Déi Lenk, Piraten e ADR). O artigo sobre as esplanadas foi votado separadamente e foi aprovado com 58 a favor (Déi Lenk votou contra).

A reabertura das esplanadas de cafés e restaurantes foi, de resto, a única nova alteração à lei vigente que continuará a impor o recolher obrigatório (23:00-06:00), a limitar o número de visitas a casa (2 pessoas máximo), a proibir o consumo de álcool na via pública.

Apesar da reabertura das esplanadas, cafés, restaurantes e similares vão continuar encerrados (sem poder servir no interior), tendo a possibilidade de como, até aqui, fazer ‘take away’ e entregas ao domicílio.

Na sua intervenção, o primeiro-ministro Xavier Bettel referiu que o aumento de casos que se tem verificado nos últimos dias “é linear” e “não exponencial”, permitindo assim levar em frente a proposta do seu Governo de reabrir as esplanadas de cafés e restaurantes.

“A abertura dos terraços (esplanadas) é um primeiro passo para a normalidade, mas não é um sinal de que podemos relaxar”, disse o socialista Mars Di Bartolomeo, antigo presidente da Câmara dos Deputados.

Esta reabertura acontece com algumas restrições: não podem ser mais do que duas pessoas por mesa (excepto se residirem no mesmo domicílio), a abertura é limitada das 06:00 às 18:00, uso de máscara obrigatório ( para funcionários e clientes quando não estiverem sentados), mesas afastadas 1,5 m ou separadas por acrílico.

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade