Rue du Cure na cidade do Luxemburgo completamente vazia por causa do coronavírus Covid-19 – FOTO SERGE WILMES – FACEBOOK

As comunas da cidade do Luxemburgo e de Esch-sur-Alzette anunciaram que renunciam às rendas de lojas e restaurantes das duas cidades, cujos espaços pertençam aos municípios.

A medida excepcional deve-se à crise provocada pela pandemia do coronavírus Covid-19, que levou o Governo a decretar o encerramento obrigatório de todos os espaços comerciais não essenciais, como lojas, cafés, restaurantes, ginásios, entre outros.

A renúncia do recebimento das rendas foi anunciada nas redes sociais por Serge Wilmes (vereador da cidade do Luxemburgo) e por Georges Mischo (burgomestre de Esch/Alzette) e pretende ajudar os comerciantes que estão em regime de arrendamento em edifícios municipais.

D’Stad Lëtzebuerg wäert während der Dauer vun der Crise de Locatairen vun hiren Geschäfter/Restauranten de Loyer erloossen #solidarité #onsstad

Publiée par Serge Wilmes sur Lundi 23 mars 2020

Publicação sobre rendas – Esch – Georges Mischo – Facebook
Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade