A ministra da Saúde do Luxemburgo, Paulette Lenert - FOTO: Chambre des Députés
A ministra da Saúde do Luxemburgo, Paulette Lenert – FOTO: Chambre des Députés

A ministra da Saúde do Luxemburgo, Paulette Lenert, revelou quinta-feira (30) que há funcionários de cinco empresas do sector da construção civil com casos de infecção por Covid-19.

O dado foi avançado em conferência de imprensa, na qual a ministra adiantou que só em uma das empresas foram detectadas “13 pessoas infectadas”. Contudo, a ministra nâo revelou a totalidade de casos nas 5 empresas.

A ministra referiu ainda que no final das férias colectivas do sector – que hoje arrancam e se prolongam até 23 de agosto – será “importante testar os operários” antes do reabertura dos estaleiros, pelo que o sector será considerado como “prioritário” na segunda fase de testes em larga escala.

Lenert relembrou igualmente que os funcionários de sectores essenciais como a Saúde, Horesca, limpeza e os trabalhadores sazonais integram a lista de “prioritários” para a realização de testes em larga escala.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade