O ministro luxemburguês Jean Asselborn - FOTO © SIP / Yves Kortum
Jean Asselborn Foto: © SIP / Yves Kortum

O Luxemburgo é um dos países que já condenaram publicamente os ataques da Turquia ao povo curdo da Síria, que, desde quarta-feira, já fizeram dezenas de mortes civis e muitas centenas de deslocados.

O ministro luxemburguês dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn, reuniu esta sexta-feira (11) com a embaixadora da Turquia no Grão-Ducado, HE Fazilet Dağci Çiğlik, com o objectivo de apelar ao fim da operação militar Turca na Síria.

Uma nota da tutela “condena veemente” os ataques e reitera o apelo do Luxemburgo à Turquia para “cessar a sua ação militar unilateral no nordeste da Síria”.

A morte de civis, especialmente crianças, é igualmente motivo de “preocupação” manifestada por Jean Asselborn.

Entretanto, o Luxemburgo recebe esta segunda (14 outubro) uma reunião do Conselho dos Negócios Estrangeiros e na terça-feira (15 de outubro) o Conselho dos Assuntos Gerais da União Europeia, onde a ofensiva militar da Turquia farão parte da agenda. Jean Asselborn representa o Luxemburgo nas duas reuniões.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade