Lago de Remerschen - FOTO Administration Communale de Schengen
Lago de Remerschen – FOTO Administration Communale de Schengen

Os banhos e actividades náuticas no lago de Remerschen e na praia fluvial “Rommwiss”, no lago de Haute Sûre, no Luxemburgo, estão proibidos devido à presença das chamadas ‘algas azuis’, informou hoje o ministério do Ambiente.

Em comunicado, a tutela justifica a interdição dos banhos, tanto no lago de Remerschen como na praia fluvial “Rommwiss”, no lago Haute Sûre, por ter sido detectada “uma proliferação de cianobactérias nas águas”.

Segundo a Administração da Gestão das Águas (AGE), a medida tem efeitos imediatos e ficará em vigor até nova ordem da tutela.

Recorde-se que no caso da praia “Rommwiss” a proibição dos banhos está em vigor desde 24 de agosto.

“No que diz respeito às outras praias balneares oficiais localizadas no Lago Haute-Sûre e no Lago Weiswampach, os banhos continuam a ser autorizados nesta fase”, refere o comunicado da Administração das Águas que relembra que situação está em constante actualização no site waasser.lu.

Rommwiss – Luxembourg – FOTO: SanM / Todos os direitos reservados

O QUE SÃO CIANOBACTÉRIAS?

As cianobactérias são algas nocivas para a saúde humana e dos animais.

As toxinas produzidas por estas cianobactérias podem ser perigosas para os seres humanos, fauna aquática, animais domésticos e gado, pelo que é recomendável a não ingestão de água ou peixe provenientes do lago.

Também não deverá banhar-se ou realizar actividades aquáticas ou piscatórias nas zonas onde apareçam estas algas.

De acordo com o Ministério da Saúde, “as cianobactérias produzem toxinas que podem causar problemas de saúde para seres humanos e animais. Estes problemas dependem da quantidade de toxinas absorvidas: irritações da pele, dores de cabeça, náuseas, gastroenterites, caibras, paralisia, danos no fígado”, alerta a tutela, que recomenda que pessoas e animais evitem o contacto com a água nestas zonas”.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade