Partes de um corpo humano foram descobertas perto da estrada perto da estrada L136, entre Temmels e Fellerichem (Trier-Saarburg), na zona de fronteira da Alemanha com o Luxemburgo, em 01 de Novembro de 2022 - FOTO © Florian Blaes / news-trier.de

A polícia alemã encontrou terça-feira (01) “partes de um corpo” junto a uma pequena área de descanso na estrada L136, entre Temmels e Fellerichem (Trier-Saarburg), na zona de fronteira da Alemanha com o Luxemburgo.

O LUX24 apurou que, alegadamente, se tratam dos restos mortais da portuguesa Diana Santos, residente em Diekirch (Luxemburgo), cujo corpo decapitado e desmembrado foi encontrado, em 19 de setembro, em Mont-Saint-Martin, França.

As autoridades alemãs revelaram hoje que, chamados ao local, os serviços de emergência descobriram os “restos mortais” de uma pessoa não identificada, junto a um arbusto fora do parque de estacionamento da pequena área de descanso.

De acordo com a polícia, tratar-se-á de um acto criminoso “recente”, que pode “incluir crimes na zona fronteiriça”.

As autoridades não revelaram, até ao momento, que “partes do corpo” foram encontradas.

A polícia luxemburguesa esteve hoje envolvida nas buscas no local e o LUX24 apurou tratarem-se dos restos mortais da portuguesa Diana Santos, residente em Diekirch (Luxemburgo).

entre Diekirch (Luxemburgo), onde diana santos residia, e Temmels (Alemanha) distam apenas entre 45 a 60 quilómetros.

Google Maps – Diekirch – Temmels – Screenshot LUX24

As autoridades policiais não forneceram mais pormenores sobre os restos mortais encontrados ou sobre as circunstâncias da macabra descoberta.

A polícia criminal de Trier (Alemanha) está a conduzir esta investigação.

Segundo o jornal alemão News Trier, uma área florestal adjacente foi passada a pente fino por agente da polícia, drones e cães pisteiros, tendo igualmente as forças policiais luxemburguesas estado envolvidas nas buscas.

Para já, não há qualquer reacção ou comunicado oficial por parte das autoridades judiciais alemães nem luxemburguesas.

Recorde-se que, desde 05 de Outubro de 2022, um homem de 48 anos, com ligações a Diana Santos, está em prisão preventiva na prisão de Schrassig, no Luxemburgo. É suspeito de homicídio.

 

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade