Fronteira do Luxemburgo - FOTO LUX24
Fronteira do Luxemburgo – FOTO LUX24

As fronteiras do Luxemburgo com a Alemanha, França e Bélgica foram esta segunda-feira (15) reabertas sem qualquer restrição após os condicionalismos causados pela crise sanitária provocada pelo Covid-19.

Assim, voltou a cumprir-se Schengen, com a abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os três países vizinhos e o Grão-Ducado.

Depois dos acordos bilaterais com a Alemanha (16/05) e a Bélgica (15/06), pois os dois países impuseram restrições de viagem a residentes no Luxemburgo, com excepção dos trabalhadores transfronteiriços, a situação voltou hoje à normalidade, assim como com a vizinha França.

Já no final do mês, a Bélgica tinha aliviado as restrições com o Luxemburgo ao permitir a visita a familiares, assim como “possibilitar a compra de alimentos e não-alimentos além-fronteiras, ou seja, poder ir a lojas e empresas de ambos os lados da fronteira”.

Também a Alemanha já tinha reaberto os pontos de passagem com o Grão-Ducado, no passado dia 16 de maio.

Hoje, finalmente, a França levantou todas as restrições nas fronteiras com o Grão-Ducado.

Recorde-se que, desde meados de março, que as fronteiras tinham sofrido restrições na circulação para travar o risco de contágio do Covid-19. Apenas trabalhadores fronteiriços entravam e saiam do Luxemburgo, munidos de um certificado patronal.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade