FOTO: Facebook.com/Sportingdames

Depois de na época passada ter conquistado o título nacional da 3a divisão nacional, o Sporting Bertrange está a apenas 1 ponto do líder Hesperange (26 pts) e partilha a vice-liderança com o Differdange/Luna (25 pts o qual tem melhor goal average). O LUX24 esteve à conversa com o técnico Pedro Cunha, treinador do Sporting Bertrange.

 

LUX24: Um triunfo em Aspelt, por 3-1, que comentário faz ao jogo?

Pedro Cunha: Uma deslocação a um campo tradicionalmente difícil, mas entrámos com a nossa habitual identidade desde o apito inicial e impusemos o nosso processo de jogo num encontro em que o trabalho de equipa foi de excelente nível e ao mesmo tempo bom de se apreciar a entrega de todas as atletas até ao apito final!

 

LUX24: Depois dos títulos nacionais e da inédita participação na Q Champions League em 2015/16, porquê o Bertange?

Pedro Cunha: Vim para o Bertrange (veteranos) a convite do meu amigo Sandro Rinaldis em Maio de 2018. Entretanto recebi o convite para treinar os Pupilles (2018/19) e atendendo às excelentes condições para trabalhar e ao óptimo ambiente no clube fazia sentido permanecer.

 

LUX24: O que o fez regressar ao futebol feminino?

Pedro Cunha: O Daniele Loverre (treinador campeão da 3a divisão) tinha-me endereçado o convite para vir treinar a equipa feminina do Bertrange há precisamente 1 ano e ficou em aberto a possibilidade (apesar de outros convites – seniores) no dia 1 de Julho confirmou-se que permaneceria no clube transitando para a equipa feminina (juntamente com o Dani).

 

LUX24: Qual é o grande objetivo do Bertrange para 2019/20?

Pedro Cunha: O objetivo é ficar na primeira metade da tabela classificativa! Para isso temos de continuar a trabalhar de forma empenhada e com a mesma atitude semi-profissional como fizemos até agora. O nosso projeto é dentro de 3 anos conseguir ascender à 1a divisão, mas conseguir manter a equipa no escalão maior do futebol feminino Luxemburguês depois de o conseguir.

O treinador português, Pedro Cunha, durante uma sessão de treino. FOTO DR

 

LUX24: O clube tinha participado apenas uma vez na 2a divisão (2016/17), a campanha nesta época está a ultrapassar o esperado?

Pedro Cunha: Penso que o passado (4 épocas) e todos os treinadores que passaram pelo Bertrange participaram na evolução e estabilidade que estamos a vincar no presente. Naturalmente o trabalho que vimos a desenvolver desde o final de Julho (inicio da pré-época) é tão somente o reflexo da capacidade e talento que o nosso grupo de trabalho tem, apesar de reconhecer que ainda estamos numa fase inicial do processo.

 

LUX24: E sobre o campeonato da 1a divisão, que comentário faz?

Pedro Cunha: O trio da frente (Racing 33 pts, Bettembourg, 30 pts, e Junglinster, 25 pts) são à partida os mais sérios candidatos ao título nacional. Surpreendente foi há um mês o Daniel Nunes Ferreira ter decidido fazer uma pausa na carreira construída no Bettembourg (na qual registou a melhor participação de uma equipa Luxemburguesa na WCLQ no passado mês de Agosto depois de em 2015/16 se ter apontado o primeiro golo de sempre na competição – Hayette Ghodbane) e do Steve Senisi, após a 2a jornada, ter saído do comando técnico do Niederkorn (o maior detentor de títulos nacionais – 16) estando o clube numa posição delicada atualmente.

 

LUX24: E sobre o campeonato da 3a divisão?

Pedro Cunha: Muito competitivo! Penso que vários clubes podem almejar à subida de divisão, será bom de acompanhar a segunda metade da competição e ver quem estará na frente na recta final da “maratona”. (Uelzechtdall 33pts, E. Hosingen 30 pts, Rumelange 27pts, Käerjéng 26 pts (1 jogo em atraso), Diekirch II 25pts e Titus Pétange 23 (2 jogos em atraso).

 

LUX24: O Pedro é um amante do futebol feminino e sempre atento a todas as novidades…

Pedro Cunha: Sim, no campeonato Jeunnes Filles Classe 1 Tour 1 o Progrès Niederkorn foi o vencedor com 30 pts. No campeonato de Jeunnes Filles Classe 2 série 1 Tour 1 venceu o Mamer com 27 pts e na Classe 2 foi o Bettembourg a vencer a série com 25 pts (ambas as equipas sobem à Classe 1 para disputar a Tour 2). No campeonato de Cadettes o líder é o Ell com 18 pts seguido do Bettembourg com 15. De referir também os torneios de U11 que têm sido organizados em vários fins de semana, como foi o exemplo recente promovido pelo Racing com organização da Pia Juchem e a Liz Thill que reuniram o Itzig, o Ell, o Sportverein DJK St. Matthias de Trier e o Entente Wormeldange/ Munsbach/ Grevenmacher que é orientado pelo Gennaro Todisco.

 

AGENDA:

No próximo sábado, dia 7 de Dezembro, disputam-se os 1/8 de Final da Taça com grande destaque ao encontro entre o Jeunesse Junglinster e o Sporting Club Bettembourg entre vários outros jogos de amplo interesse como:

Entente Wormeldange-Munsbach-CSG – Progrès Niederkorn

Entente Itzig-Cebra – FC Mamer 32

Fola Esch – AS Wincrange

Rupensia Lusitanos Larochette (L2) – RFCU Luxemburg

Entente Differdingen-Luna (L2) – SC Ell

Swift Hesperingen (L2) – Young Boys Diekirch

e o US Rümelingen (L3) – Entente Uelzechtdall (L3).

Destaque também aos jogos em atraso entre o Vianden e o Ell II referente à 9a jornada da 2a divisão e o Titus Pétange a receber o Merl/Belair referente à 11a jornada da 3a divisão que são disputados neste dia 7 de Dezembro.

LUX24

Publicidade