António Gamito, embaixador de Portugal no Luxemburgo - FOTO: PAULO DÂMASO / LUX24

O Embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito, vai concluir a sua missão diplomática no Grão-Ducado no próximo dia 30 de Novembro de 2022. Quatro anos depois de ter apresentado as cartas credenciais ao Grão-Duque Henri, António Gamito deixa rasgados elogios à comunidade portuguesa radicada no Grão-Ducado: “Foi um prazer servi-los“.

Vim para executar uma agenda que se norteou tão-somente pelos interesses de Portugal e dos portugueses que aqui residem e trabalham, em particular dos mais vulneráveis. Neste sentido, foi uma honra servi-los. Mas o trabalho não acabou. Fechei um ciclo. Outro deverá começar“, escreveu António Gamito numa carta aberta dirigida aos compatriotas portugueses.

Ao fim de quatro anos no país, e na hora da despedida, António Gamito, de 62 anos, traça um balanço positivo da sua passagem, com “sentido de dever cumprido” no Grão-Ducado, um “posto diplomático tão complexo e exigente”.

Nestes últimos quatro anos, foi possível identificar necessidades, empreender acções e sustentar soluções, incluindo durante a pandemia, em prol da defesa dos interesses da Comunidade Portuguesa, em particular dos sociais (trabalho e segurança social) e no domínio do ensino da língua e cultura portuguesas“, escreveu António Gamito.

Na missiva, o diplomata realça o reforço das relações bilaterais entre Portugal e o Luxemburgo, país onde 14,5% da população é portuguesa.

Foram também dinamizadas e diversificadas as relações bilaterais, que atingem hoje um patamar mais elevado e reforçado, para o que muito contribuiu a deslocação do primeiro-ministro Xavier Bettel a Lisboa, em 2019, e sobretudo a segunda Visita de Estado a Portugal de SAR [Suas Excelências Reais] os Grão-Duques em maio de 2022, acompanhados por quatro ministros do Governo luxemburguês (Estrangeiros e Assuntos Europeus, Economia, Finanças e Integração) e por uma missão de 130 empresas da economia do futuro, seguindo-se posteriormente as visitas dos responsáveis das pastas da Saúde, Trabalho e Educação, assim como a criação de um Clube de Negócios“, sublinha António Gamito.

O embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito – FOTO: PAULO DÂMASO / LUX24

Nesta ‘prestação de contas‘ que o diplomata presta aos imigrantes portugueses residentes no Luxemburgo, António Gamito lembrou ainda que o reforço das relações bilaterais foi conseguida com a vinda de vários membros do Governo português ao país.

Do nosso lado, estiveram no Luxemburgo dois Secretários de Estado das Comunidades Portuguesas, duas vezes cada um, a Secretária de Estado da Cooperação, também por duas vezes, o Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, a Secretária de Estado da Cultura, o Secretário de Estado do Tesouro e finalmente o Secretário de Estado da Digitalização e da Modernização Administrativa“, sublinha.

Para além de todos as acções realizadas em prol da comunidade portuguesa, em particular dos sociais (trabalho e segurança social) e no domínio do ensino da língua e cultura portuguesas, António Gamito foi ainda o grande responsável pelo exercício local da Presidência Portuguesa da União Europeia, no primeiro semestre de 2021 em plena pandemia Covid-19.

Na carta de despedida endereçada à comunidade, o diplomata – que vai regressar a Lisboa – deixa um apelo à participação cívica dos portugueses na vida activa do Luxemburgo, nomeadamente através do voto nas eleições comunais de 2023.

[FOTO DE ARQUIVO] Da esquerda para a direita: Jean-Jacques Welfring, Embaixador do Luxemburgo em Portugal; José Luís Carneiro, Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas; Claude Meisch, Ministro da Educação; e António Gamito, Embaixador de Portugal no Luxemburgo. Foto: ©MENEJ
Aproveito a oportunidade para mais uma vez vos convidar a exercer a vossa cidadania de forma mais participativa, nomeadamente através do voto, de modo a conseguirem uma representação proporcional à dimensão da Comunidade. Tudo isto faz parte do seu processo de empoderamento e inclusão nesta sociedade, mas mantendo a sua diferença identitária, que torna o Grão-Ducado maior e plural e a Comunidade mais presente e influente“, exortou António Gamito.

Deixo colaboradores e amigos, que sabem quem são, a quem agradeço todo o apoio e o caminho que fizemos juntos, que agora finalizo com o sentido de dever cumprido“, termina a nota de António Gamito, Embaixador de Portugal no Luxemburgo.

Nascido em 19 de Abril de 1960, em Lisboa (Portugal), António Gamito foi Embaixador de Portugal no Luxemburgo desde Novembro de 2018, altura em que apresentou as suas cartas credenciais ao Grão-Duque Henri, no Palácio Grão-Ducal.

O Embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito, apresenta credenciais ao Grão-Duque Henri, em 21 de Novembro de 2018. FOTO: © Cour Grand-Ducale

Chegou ao país com a missão de “alargar e aprofundar” as excelentes relações entre Portugal e o Grão-Ducado, bem como melhorar a integração da comunidade portuguesa, a maior comunidade estrangeira residente no Luxemburgo (cerca de 14,5% da população, de acordo com dados do STATEC).

No seu longo e diversificado percurso diplomático, António Gamito integrou a delegação portuguesa no Conselho de Segurança da ONU, foi Representante – Adjunto da Comissão Política e de Segurança da União Europeia, esteve nos Estados Unidos para monitorar as relações bilaterais e transatlânticas.

Foi Chefe-Adjunto da Missão Portuguesa de Observação do Referendo em Timor-Leste organizado pelas Nações Unidas, em 1999; e também Enviado Especial do Ministro dos Negócios Estrangeiros e Representante do Ministro da Economia, no Iraque, em 2003.

O Embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito, reuniu com o vice-primeiro-ministro do Luxemburgo, o lusodescendente Félix Braz, em 21 de Janeiro de 2019 – Fonte: Embaixada de Portugal no Luxemburgo

 Carreira diplomática de António Gamito: 

  • Embaixada de Portugal no Luxemburgo: Embaixador, de 2018 até o presente;
  • Conselho da Europa: Director Executivo do Centro Norte-Sul (2016 – 2018);
  • Embaixada de Portugal em Argel (Argélia): Embaixador (2013 – 2016);
  • Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal: Director-Geral Adjunto para os Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas (2010 – 2013);
  • Embaixada de Portugal em Washington: Responsável pelas relações bilaterais e transatlânticas; Vice-Embaixador de Portugal (2004 – 2009);
  • União Europeia (Bruxelas): Representante Adjunto do Comité Político e de Segurança da UE (2000 – 2001);
  • Observação do Referendo em Timor-Leste: Chefe Adjunto da Missão Portuguesa (1999);
  • União Europeia (Bruxelas): Representação Permanente junto da União Europeia (1998 – 2001);
  • Nações Unidas (Nova Iorque): Missão Permanente nas Nações Unidas (1994 – 1998);
  • Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal: Oriente Médio e Divisão do Magreb (1989 – 1992).

 

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade