O burgomestre de Differdange, Roberto Traversini (ao centro) – FOTO: Bernard Bamberg / Facebook

Depois de ter renunciado ao cargo de burgomestre da comuna de Differdange, Roberto Traversini anunciou hoje que renuncia igualmente ao cargo de deputado no Parlamento do Luxemburgo.

A decisão de Roberto Traversini, de 56 anos, já foi comunicada ao Presidente da Câmara dos Deputados, Fernand Etgen, e poderá ditar o fim da carreira política daquele que foi o primeiro foi o primeiro deputado do Luxemburgo nascido no estrangeiro (Itália).

Roberto Traversini pediu a demissão do cargo de burgomestre Differdange no passado dia 20, na sequência de obras feitas “numa espécie de ‘chalet’”, anexo a uma casa herdada pelo autarca, que se encontrará em zona protegida, inserida na Rede Natura 2000 e na reserva natural “Prënzebierg”.

Traversini admitiu “erros” na condução dos trabalhos realizados numa zona protegida, “sem autorização e com abate de árvores”, com recurso a funcionários do CIGL – Centro de Iniciativa e de Gestão Local.

Numa carta aberta enviada à comunicação social, Traversini reiterou o seu pedido de desculpa pelos actos praticados e diz lamentar não poder voltar atrás.

Entretanto, o Ministério Público  luxemburguês abriu uma investigação judicial contra o autarca, que poderá ser acusado da práctica de vários crimes como a apropriação indevida de fundos públicos ou privados, branqueamento de capitais e violação do plano de ordenamento territorial.

A CARTA ABERTA DE ROBERTO TRAVERSINI:

Ces derniers jours et ces dernières semaines, j’ai eu l’occasion de réfléchir à ces choses, qui sont discutées en long et en large et intensivement dans l’espace public. Après discussions avec ma famille, avec mes collègues de fraction et avec les responsables de mon parti, j’ai décidé de démissionner de mon mandat de député. J’ai annoncé cette décision aujourd’hui matin au Président de la Chambre.

Le combat contre la crise climatique, l’action en faveur de plus de justice sociale et la défense de notre société ouverte au monde sont des défis, qui nécessiteront toute notre concentration et toute notre énergie dans les prochaines années. Par ma décision, je veux contribuer à ce que mes collègues députés de la fraction verte puissent poursuivre avec détermination leur travail pour le renouveau écologique et social de notre pays.

Ce que j’ai fait, je ne peux pas le défaire. Mais je veux m’excuser pour cela et tenter de regarder l’avenir avec optimisme et énergie.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade