O primeiro-ministro Xavier Bettel em conferência de imprensa, 23.10.2020 - SCREENSHOT LUX24

O Governo do Luxemburgo decretou hoje o recolher obrigatório no país durante um mês, entre as 23:00 e as 06:00, face ao aumento dos casos de novas infecções por Covid19 no Grão-Ducado.

A medida foi anunciada esta tarde pelo primeiro-ministro Xavier Bettel, após o Conselho de Ministros desta sexta-feira (23), numa conferência de imprensa conjunta com a ministra da Saúde, Paulette Lenert.

A ministra da Saúde, Paulette Lenert, e o primeiro-ministro Xavier Bettel, em conferência de imprensa, 23.10.2020 – SCREENSHOT LUX24

O Governo anunciou ainda que a partir de agora o número máximo de pessoas que se poderá receber em casa passa para apenas quatro (4), sendo “obrigatório o uso de máscara” em todas as situações, reuniões, que reúnam mais de quatro pessoas, tanto no interior como no exterior.

A excepções ao recolher obrigatório acontecerá por razões profissionais, pessoas em trânsito, ou emergências justificadas.

Segundo Xavier Bettel, “a situação nos últimos três dias mudou de forma preocupante” e o número de “contaminações aumentou muito”.

O número de novas infecções deverá hoje, pelo segundo dia consecutivo, ultrapassar as “500 novas infecções”, revelou a ministra Paulette Lenert (números oficiais serão conhecidos às 17:30).

“Não temos outra escolha. Temos que estabelecer o recolher obrigatório entre as 23:00 e as 06:00 (a partir de segunda-feira, 26). Não fazemos isto de ânimo leve”, anunciou Xavier Bettel, que salientou que a medida estará em vigor durante um mês, com o objectivo de obter resultados “efectivos”.

“O recolher obrigatório é uma alternativa a termos que fazer um segundo confinamento”, admitiu o líder do Executivo luxemburguês.

Cafés, bares e restaurantes fecham mais cedo

O Governo anunciou ainda que, face a esta medida de recolher obrigatório, os cafés, bares e restaurantes passam a fechar obrigatoriamente às 23:00, em vez de à meia-noite.

Também a regra das quatro pessoas será posta em prática nos cafés e restaurantes, com um máximo 4 pessoas por mesa.

Quanto às sanções para quem violar o recolher obrigatório e as novas regras em vigor serão anunciadas na próxima segunda-feira (26), após a entrada efectivas em vigor das novas medidas no Luxemburgo.

Campeonatos desportivos param à excepção da Liga BGL e da selecção nacional

Em relação ao desporto, Xavier Bettel anunciou que “todos os campeonatos param”, à excepção da Liga BGL de futebol (primeira divisão nacional) e da selecção nacional, envolvida na Liga das Nações.

Xavier Bettel disse ainda que “é possível continuar a treinar”, mas com regras.

“No Desporto há igualmente a nova regra de quatro pessoas, o treino pode realizar-se se não existir interacção entre mais do que quatro pessoas. Com quatro é possível, com mais de 4 só com máscara e com mais de 10, têm que ser mantido o distanciamento social (em vigor, 2 metros)”, disse o primeiro-ministro.

“Devemos actuar já para evitar que se perca o controlo da situação perante o aumento do número de casos”, sublinhou Paulette Lenert, referindo que serão necessárias “duas a três semanas” para avaliar o resultado das novas medidas.

“São medidas responsáveis as que propomos, tanto para a sociedade como para o sistema de saúde”, sublinhou.

Segundo Xavier Bettel, as novas medidas vão ser analisadas na próxima segunda-feira, na comissão da saúde, para que os textos legislativos possam chegar rapidamente ao processo legislativo, ao Parlamento e ao Conselho de Ministros para que possam entrar legalmente em vigor até ao final da próxima semana.

De acordo com os dados oficiais, o país contabiliza agora um total de 141 mortes 12.851 casos de infecção por Covid-19, desde que foi conhecido o primeiro caso no país no final de fevereiro de 2020.

A ministra da Saúde, Paulette Lenert, em conferência de imprensa, 23.10.2020 – SCREENSHOT LUX24

Conferência de imprensa do primeiro-ministro Xavier Bettel e da ministra da Saúde, Paulette Lenert, com tradução simultânea em francês:

[Em actualização]

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade