O mês de Novembro tem sido o mais letal desde o início da pandemia do Covid-19 no Luxemburgo, com o registo de 35,48% do total de mortes registadas no país.

De acordo com os dados oficiais do Ministério da Saúde do Grão-Ducado divulgados ontem, deste o início de Março e até 17 Novembro, faleceram 248 pessoas no país por causa do novo coronavírus. Só entre 01 e 17 de Novembro faleceram 88 pessoas, ou seja, 35,48% do total, de acordo com contas feitas pelo LUX24.

Novembro foi igualmente o mês que registou até ao momento o maior números de novos casos de infecção. O Luxemburgo contabilizou até dia 17 um total de 28.573 casos de infecção no país. Só nos primeiros 17 dias de Novembro houve o registo de 9.791 novos casos, ou seja, 34,26% do total até ao momento, pelas contas do LUX24.

Novembro foi, sem dúvida, o pior mês, até ao momento, desde que foi conhecido o primeiro caso no país no final de fevereiro de 2020.

Em conferência de imprensa, na passada terça-feira, o primeiro-ministro Xavier Bettel lançou um último apelo a todos para que o país volte a um segundo confinamento (parcial ou não), mas o números continuam a não ajudar o Executivo.

Em nome do Governo, Xavier Bettel e a ministra da Saúde, Paulette Lenert, foram taxativos no ultimato, ao mesmo tempo que voltaram a pedir a responsabilização de todos: Se até domingo a tendência não for invertida e o número de novas infecções não começar a descer, o Luxemburgo irá mesmo entrar num novo confinamento (parcial).

O projecto-de-lei já aprovado em Conselho de Ministros, espera apenas pela decisão da Câmara dos Deputados (Parlamento) e do Conselho de Estado.

Restauração, cafés hotelaria e similares, mas também escolas, espaços públicos, desportivos e culturais poderão voltar a encerrar as portas em nome da Saúde Pública do país.

De acordo com os dados oficiais, o país contabilizava até ontem um total de 248 mortes e 28.753 casos de infecção por Covid-19, desde que foi conhecido o primeiro caso no país no final de fevereiro de 2020.

Paulo Dâmaso/LUX24

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade