O Luxemburgo registou 513 falências entre março e agosto de 2020, alegadamente por causa da pandemia do Covid-19.

O dado foi avançado na resposta a uma questão parlamentar lançada pelo deputado Marc Goergen, do Parti pirate (PPL), e assinada por Lex Delles, ministro das Classes Médias; Franz Fayot, ministro da Economia; e Sam Tanson, ministra da Justiça.

Contudo, e apesar da crise pandémica, são menos 150 falências do que as 663 declaradas no período homólogo, ou seja, em relação ao mesmo período de 2019.

De acordo com o documento, a maioria das falências foi declarada nos sectores financeiro ou de seguros.

Falências no Luxemburgo entre março e agosto de 2019 e 2020 – SCREENSHOT LUX24 [clicar para ampliar imagem]
Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade