Homem abatido pela polícia depois de assalto violento e ameaça com faca aos agentes da autoridade, em Ettelbruck, 31.07.2021 - VIDEO REDES SOCIAIS - SCREENSHOT LUX24

O Ministério Público (MP) abriu uma investigação depois de um agente da polícia ter, no sábado, baleado um suspeito de assalto à mão armada e ter feito ameaças aos agentes com uma faca, em Ettelbruck, Luxemburgo.

O suspeito – cuja identidade não foi revelada – veio a falecer mais tarde, no hospital, devido aos ferimentos causados pelo disparo.

A investigação ordenada pelo MP é um procedimento habitual nestas circunstâncias, de forma a aferir se um tiro disparado por um agente é proporcional à gravidade da situação.

No Luxemburgo, e por lei, a polícia só pode usar a sua arma de fogo se todos os outros métodos para resolver o conflito falharem.

Tudo aconteceu sábado à noite, após o roubo de um veículo, com recurso à violência, em Hosingen.

Depois de uma perseguição policial, o suspeito foi “travado” em Ettelbruck. Visivelmente alterado, o homem saiu da viatura com uma arma branca em punho e atacou os policiais com uma faca.

Foi então que um dos agentes no local disparou a sua arma, ferindo gravemente o suspeito que foi levado ao hospital. O suspeito acabaria por falecer nessa noite no hospital.

O caso está agora nas mãos da Justiça.

ND // ND

Vários vídeos a circularem nas redes sociais mostram os momentos fatídicos:

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade