Ana Lopes e o ex-companheiro, Marco Silva, que a terá assassinado - Foto Facebook

A defesa de Marco Silva, o imigrante português no Luxemburgo, condenado a prisão perpétua pelo assassinato da ex-companheira Ana Lopes, já apresentou recurso da sentença proferida pelo tribunal luxemburguês.

A informação foi avançada esta manhã pelo jornal L’Essentiel, que cita o advogado de defesa Gennaro Pietropaolo.

A defesa de Marco Silva tinha 40 dias para apresentar recurso depois da leitura da sentença, que aconteceu no passado dia 12.

O Tribunal do Luxemburgo condenou Marco Silva, o único suspeito do crime, a prisão perpétua pelo homicídio de Ana Lopes em janeiro de 2017.

Marco Silva sempre disse estar inocente. Agora recorre oficialmente da sentença.

O imigrante luso, natural de Viseu, está em prisão preventiva desde meados de 2017, meses depois do assassinato de Ana Lopes, natural de Seia.

Marco Silva e Ana Lopes têm um filho em comum, Ângelo, de 5 anos, que está à guarda dos avós maternos.

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade