Alguns dos manifestantes do sector da Horesca na manifestação de quinta-feira, 11.02.2021 - FOTO Chambre des Députés Grand-Duché de Luxembourg - Facebook

Empresários, trabalhadores e colaboradores do sector da hotelaria e restauração (Horesca) do Luxemburgo voltam a sair às ruas em protesto contra as medidas Covid-19 esta sexte-feira, 02 de abril, num protesto agendado para as 16:00, na Place d’Armes, na capital luxemburguesa.

O protesto, que já estava marcado nas redes sociais antes do primeiro-ministro Xavier Bettel ter anunciado a reabertura das esplanadas a partir de 07 de abril, surge um dia depois de o Parlamento ter dado “luz verde” para essa reabertura.

A decisão de reabrir as esplanadas foi saudada pela Horesca, mas o protesto dos proprietários e trabalhadores de cafés, restaurantes e similares apelam a uma reabertura total do sector, um dos mais penalizados com a crise pandémica.

Cafés e restaurantes estão de portas fechadas desde 26 de novembro de 2020, sendo apenas permitido funcionar em regime de ‘take away’ e entregas ao domicílio.

ND // ND

Protesto Horesca 02 de abril 2021
Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade