Os mercados accionistas norte-americanos encerram hoje mistos, com o índice tecnológico Nasdaq a bater o seu terceiro recorde consecutivo e a ultrapassar a barreira dos 10.000 pontos pela primeira vez.

Numa sessão de bolsa irregular marcada pelas projecções económicas negativas divulgadas pela Reserva Federal norte-americana (Fed), no final de dois dias de reunião do comité de política monetária da instituição, o índice industrial Dow Jones caiu 1,04% para 26.989,99 pontos.

A mesma tendência foi seguida pelo índice alargado S&P 500, que congrega as 500 empresas com maiores capitalizações bolsistas, que derrapou 0,53% para 3.190,14 pontos.

A ‘estrela’ da sessão foi o índice tecnológico Nasdaq, que registou o seu terceiro recorde consecutivo. O índice ganhou 0,67% para 10.020,35 pontos, ultrapassando pela primeira vez a barreira dos 10.000 pontos.

A Fed antecipa uma queda de 6,5% da economia dos EUA este ano, devido à pandemia, e uma recuperação de 5% em 2021, de acordo com as novas estimativas do banco central hoje divulgadas.

Nas projecções anteriores, publicadas em dezembro, a Fed estimava um aumento do produto interno bruto (PIB) norte-americano de 2% este ano e de 1,9% em 2021.

O banco central norte-americano antecipa ainda uma taxa de desemprego de 9,3% este ano e de 6,5% em 2021.

“Não estamos a pensar em aumentar as taxas”, afirmou Powell numa conferência de imprensa virtual, após a reunião, numa conferência de imprensa virtual

“Não pensamos sequer em pensar aumentar as taxas”, reiterou o presidente da Fed, que considerou que o mercado laboral nos Estados Unidos terá “batido no fundo” em maio.

“Não vamos exagerar na reacção a um único indicador”, acrescentou Jerome Powell.

Relativamente às taxas de juro – no início da crise cortou as taxas de juro colocando-as entre 0% e 0,25% e lançou várias injecções maciças de liquidez -, ficam inalteradas, por decisão unânime do comité de política monetária.

Confrontada com uma economia afectada pela recessão e por uma elevada taxa de desemprego, a Fed deixou hoje claro que irá continuar a disponibilizar toda a ajuda possível, comprando títulos para manter as taxas de juro em níveis baixos, prevendo que não haja subidas até 2022.

A Reserva Federal especificou que vai comprar 80 mil milhões de dólares (cerca de 71 mil milhões de euros, à taxa de câmbio actual) de dívida pública por mês e 40 mil milhões de dólares (35 mil milhões de euros) em títulos garantidos por hipotecas (imobiliário residencial e empresarial).

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade