O volume do comércio a retalho manteve-se estável em agosto na zona euro e avançou 1,1% na União Europeia (UE), face ao mesmo mês de 2020, divulgou hoje o Eurostat.

De acordo com dados do gabinete estatístico europeu, na comparação com julho, as vendas a retalho avançaram 0,3% tanto na zona euro quanto na UE.

Entre os Estados-membros para os quais existem dados disponíveis, os maiores aumentos homólogos foram registados em Malta (19,6%), Croácia (18,1%) e Eslovénia (12,3%) e os principais recuos na Bélgica (-4,9%), França (2,1%), Espanha e Luxemburgo (ambos 1,3%).

Na variação em cadeia, os maiores avanços no volume do comércio a retalho foram observados em Malta (2,7%), Irlanda (2,5%) e Eslováquia (2,0%) e as principais quebras foram observadas na Dinamarca (-1,4%), Estónia e França (ambos -1,2%).

Em Portugal, o indicador aumentou 2,9% na variação homóloga e 0,3% em cadeia.

O Luxemburgo registou um recuo homólogo negativo de 1,3% e 0% na variação em cadeia.

ND com Lusa

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade