Desemprego parcial - lay-off - IMAGEM © ME

O Comité de Conjuntura deu parecer favorável para que 48 empresas no Luxemburgo possam recorrer ao desemprego parcial (‘lay-off’) no mês de agosto de 2022, uma medida que poderá afectar 6.140 trabalhadores, revelou o Ministério da Economia.

O comité revelou que recebeu para o próximo mês de agosto um total de 59 pedidos, sendo que 48 obtiveram parecer favorável da tutela.

Desses 48 pedidos, 32 são de origem temporária, 12 de ordem estrutural, ou seja, vinculados a um plano de manutenção de postos de trabalho, e 4 solicitações por dependência económica”, revelou o Ministério da Economia.

Recorde-se que, ao abrigo do desemprego parcial, os patrões comprometem-se a não despedirem funcionários por razões económicas, sendo que o Governo assume 80% do salário do empregado [até um limite máximo de 250% do salário mínimo social].

 

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade