Nos primeiros cinco meses do ano, 450 empresas declararam falência e outras 393 estão em processo de insolvência no Luxemburgo, revelou hoje (15) o Statec.

De acordo com o instituto nacional de estatísticas luxemburguês (Statec), entre janeiro e maio de 2022 os tribunais declaram 450 empresas em falência, o que representa uma quebra de 10% em comparação com o período homólogo.

Para além disso, outras 393 empresas estão insolventes, menos 24,4% do que mesmo período de 2021.

“O número de falências pronunciadas entre janeiro e maio de 2022 (450) caiu 10% em relação ao mesmo período do ano anterior. As holdings e fundos de investimento representam 28,7% das falências no período em análise, enquanto 21,1% das empresas falidas estão classificadas no ramo de comércio“, refere o Statec em comunicado.

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade