Vitoria de Guimaraes and Hajduk Split players argue at the end of their UEFA Europa Conference League qualification soccer match, held at D. Afonso Henriques stadium, in Guimaraes, Portugal, 10 August 2022. HUGO DELGADO/LUSA

O jogo entre Vitória de Guimarães e Hajduk Split, da Liga Conferência Europa de futebol, terminou esta quarta-feira (10) com desacatos entre jogadores, lançamentos de cadeiras por adeptos vitorianos e agressões de adeptos croatas no exterior.

A equipa portuguesa venceu o jogo por 1-0, números insuficientes para ‘virar’ a terceira pré-eliminatória da Liga Conferência Europa, após a derrota na Croácia por 3-1, num ambiente tenso no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, que recebeu 15.214 espectadores.

Durante os 90 minutos, os jogadores de ambas as equipas envolveram-se em ‘picardias’, como a que aconteceu perto do intervalo entre o avançado croata Marko Livaja e o guarda-redes vitoriano Bruno Varela.

Na segunda parte, alguns dos adeptos ao Hajduk arremessaram tochas contra a ‘caixa de segurança’ que os delimitava e um grupo de espectadores afecto ao Vitória, na bancada inferior nascente, dificultou a marcação de um canto a Marko Livaja e a Jani Atanasov, jogadores do Hajduk, com arremesso de várias garrafas de água e três cadeiras para o relvado, já nos descontos.

Vitoria de Guimaraes and Hajduk Split players argue at the end of their UEFA Europa Conference League qualification soccer match, held at D. Afonso Henriques stadium, in Guimaraes, Portugal, 10 August 2022. HUGO DELGADO/LUSA

Mal soou o apito final, os jogadores de ambas as formações exaltaram-se na sequência de um gesto de Marko Livaja, que gerou uma confusão que se estendeu dezenas de metros pelo relvado.

As equipas separaram-se para saudarem os adeptos, mas, no regresso aos balneários, à passagem pelo banco de suplentes, um elemento do ‘staff’ do Hajduk fez um gesto obsceno para a bancada poente, o que levou a mais desacatos entre atletas e ao arremesso de cerca de duas dezenas de cadeiras por espectadores afectos aos minhotos, antes da recolha aos balneários.

Cerca de uma hora depois, à saída dos cerca de 500 adeptos do Hajduk Split do Estádio D. Afonso Henriques, duas pessoas nesse contingente agrediram dois operadores de câmara das televisões, o que motivou uma carga policial dos agentes do Corpo de Intervenção da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Vitoria de Guimaraes and Hajduk Split players argue at the end of their UEFA Europa Conference League qualification soccer match, held at D. Afonso Henriques stadium, in Guimaraes, Portugal, 10 August 2022. HUGO DELGADO/LUSA

Na terça-feira à noite, um grupo organizado de pessoas, algumas delas com adereços azuis, brancos e vermelhos – as cores do Hajduk Splitprovocou distúrbios no centro histórico de Guimarães, com “arremesso de mobiliário de esplanadas e deflagração de artefactos pirotécnicos”.

A PSP identificou 154 pessoas envolvidas na ocorrência, tendo 122 nacionalidade croata, 23 nacionalidade portuguesa e nove outras nacionalidades.

TYME // MO

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade