O Sporting venceu terça-feira (27) os dinamarqueses do Bjerringbro-Silkeborg, por 31-22, em jogo da primeira mão da segunda eliminatória da Liga Europeia de andebol.

Um resultado que coloca os ‘leões’ com pé e meio na fase de grupos já que os nórdicos têm agora de anular uma desvantagem de nove golos.

A jogar em casa, os vice-campeões nacionais entraram melhor no jogo diante de uns dinamarqueses fortes fisicamente, mas não a nível técnico, nem táctico.

Foi precisamente aí que o Sporting começou a ganhar o jogo. Num dos ‘pratos da balança’ a disciplina táctica, em que foi notória a preocupação dos jogadores respeitarem o plano de jogo, atacando pelo corredor central e colocando a bola nos laterais, para estes flectirem em voo para dentro da área e rematarem com efeito para a baliza a cargo de Johan Sjostrand.

Com um bloco defensivo forte por parte dos ‘leões’, o Bjerringbro-Silkeborg viu-se obrigado a tentar a sorte com remates na linha de nove metros.

Na ponta final da primeira parte, um período de desconcentração do Sporting, quando tinha quatro golos de vantagem (9-5) permitiu aos dinamarqueses aproximarem-se no marcador, chegando mesmo a ter menos um golo (9-8), contudo Patryk Walczak, aos 26 minutos, fez o 10-8, com que o jogo chegaria ao intervalo.

A forte entrada no segundo tempo permitiu ao Sporting pulverizar as aspirações do Bjerringbro-Silkeborg e com o golo de Mamadou Gassama, aos 39 minutos, ficou com uma vantagem de seis (18-12).

Ligado a este distanciamento pontual está o forte contributo do guarda-redes internacional argentino Leonel Maciel, com excelentes defesas a permitir que os ‘leões’ pudessem marcar na jogada seguinte.

Os comandados de Patrick Westerholm ainda tentaram reagir, apostando no 7×0, mas a desvantagem era demasiado grande e a estratégia demasiado arriscada porque, pela frente, estava um Sporting maduro, esclarecido e que soube não só gerir o resultado como dilatá-lo.

FICHA DE JOGO

Jogo no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Sporting – Bjerringbro-Silkeborg, 31-22.

Ao intervalo: 10-8.

Sob a arbitragem dos sérvios Marko Sekulic e Vladimir Jovandic, as equipas alinharam e marcaram:

– Sporting (31): Leonel Maciel, Natán Diaz (3), Jonas Tideman, Salvador Salvador (3), Francisco Tavares (2), Jens Schongarth e Josep Folques (4). Jogaram ainda: Edy Silva, Edmilson Araújo, Francisco Costa (5), Patryk Walczak (4), Mamadou Gassama (5) e Martim Costa (5).

Treinador: Ricardo Costa.

– Bjerringbro-Silkeborg (22): Johan Sjostrand, Ludvig Hallback, Nikolaj Nielsen, Alexander Lynggaard (3), Mads Kjeldgaard (5), Aksel Horgen e Henrik Tilsted (1). Jogaram ainda: Mikkel Lovkvist, Patrik Boldsen (1), August Friden (4), Rene Toft (2), Emil Jessen (1) e Peter Christensen (5).

Treinador: Patrick Westerholm.

Assistência: Cerca de 600 espectadores.

CYP // MO

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade