A giant poster of Roma's coach Jose Mourinho reading "Welcome to Little Roma" hangs on the facade of Tirana's University building on May 24, 2022, on the eve of the UEFA Europa Conference League final football match between AS Roma and Feyenoord. (Photo by Gent SHKULLAKU / AFP)

A Roma, de José Mourinho, e o Feyenoord vão decidir hoje (21:00, hora luxemburguesa) o vencedor da primeira edição da Liga Conferência Europa de futebol, numa final em que o técnico português tentará arrecadar o quinto troféu europeu da carreira.

Apesar de uma existência quase centenária, os romanos, que contam no plantel com os internacionais lusos Rui Patrício e Sérgio Oliveira, conquistaram apenas um troféu europeu, em 1961, no caso a Taça das Cidades com Feiras, antecessora da Taça UEFA, tendo posteriormente perdido uma final da Taça dos Campeões Europeus, em 1984, diante do Liverpool, e outra da Taça UEFA, em 1991, frente ao Inter Milão.

Para atingir a tão desejada final da mais recente competição da UEFA, marcada para Tirana, na Albânia, o emblema ‘giallorosso’ teve, primeiro, de ultrapassar um ‘play-off’, com o Trabzonspor, antes de superar Bodo/Glimt, Zorya e CSKA Sófia na fase de grupos, além de Vitesse, nos oitavos de final, novamente os noruegueses, nos ‘quartos’, e o Leicester, nas meias-finais.

Três décadas volvidas, a Roma, que terminou a Serie A na sexta posição e não ganha uma prova desde a Taça de Itália de 2007/08, volta a disputar uma final europeia, que poderá permitir a José Mourinho vencer pela quinta vez uma competição continental, depois das conquistas da Liga dos Campeões, em 2004 (pelo FC Porto) e 2010 (Inter Milão), da Taça UEFA em 2003 (FC Porto) e da Liga Europa em 2017 (Manchester United).

Roma’s Portuguese head coach Jose Mourinho talks to a reporter as his team inspects the pitch of the National Arena in Tirana on May 24, 2022 on the eve of the UEFA Europa Conference League final football match between AS Roma and Feyenoord. (Photo by OZAN KOSE / AFP)

Por seu lado, o Feyenoord, que fechou a Liga neerlandesa no terceiro posto, vai tentar alcançar o quarto troféu europeu do currículo, do qual já constam uma Taça dos Campeões Europeus, em 1970, e duas taças UEFA, em 1974 e 2002.

O conjunto de Roterdão, orientado por Arne Slot, foi ‘obrigado’ a superar 18 encontros na prova para atingir a final de Tirana, desde logo participando na segunda e na terceira pré-eliminatórias, e no ‘play-off’ de qualificação, que antecedeu a fase de grupos.

No Grupo E, o Feyenoord conseguiu superiorizar-se a Maccabi Haifa, Slavia de Praga e Union Berlim, para depois eliminar Partizan, nos ‘oitavos’, os checos, nos ‘quartos’, e o Marselha, nas ‘meias’.

A final da primeira edição da Liga Conferência Europa tem início marcado para as 21:00 (hora do Luxemburgo), na Arena Nacional, em Tirana, e será arbitrada pelo romeno Istvan Kovacs.

MO // PFO

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade