Adeptos portugueses assistem ao jogo entre as seleções de Portugal e Gana, que assinala o início da participação da seleção de Portugal, no Campeonato do Mundo do Qatar 2022, numa fan zone, no Mercado Municipal de Coimbra, 24 de novembro de 2022. PAULO NOVAIS/LUSA

Quase quatro milhões de pessoas assistiram ao primeiro jogo da selecção portuguesa no Mundial2022, no Qatar, com o Gana, que foi transmitido pela TVI e é o “jogo mais visto” até agora, segundo a Universal McCann (UM).

Na quinta-feira, a selecção portuguesa de futebol bateu o Gana, por 3-2, em Doha, no primeiro jogo no Mundial2022.

A TVI emitiu o jogo de estreia que contou com um total de 3,9 milhões de pessoas a assistir, com uma audiência média de 2,3 milhões e ‘share’ de 64,5%“, refere a UM, agência de meios do grupo Mediabrands.

Até à data, adianta, “este foi o jogo mais visto da fase de grupos, seguido do jogo Brasil – Sérvia e França – Austrália”.

De acordo com a Univesal McCann, “a transmissão deste jogo pela TVI foi uma boa aposta para o canal, uma vez que registou um ‘share’ de 22,2%, um aumento de 6,8 pontos percentuais face à média acumulada do mês de outubro”.

No entanto, o primeiro jogo da equipa das ‘quinas’ “registou menos audiência quando comprado com os jogos de estreia de outros campeonatos como o Euro 2020 e o Mundial de 2018”.

O horário de transmissão do jogo “pode estar na origem das menores audiências, uma vez que foi realizado num dia de semana e em horário laboral, o mais cedo que já tínhamos assistido”, admite a UM.

Analisando o jogo minuto a minuto, “verificou-se uma tendência de crescimento ao longo de toda a emissão”.

A segunda parte do jogo “teve especial atenção por parte dos portugueses onde foram marcados os cinco golos da mesma, sendo que o pico máximo de audiências se deu já perto do apito final“, conclui.

ALU // CSJ

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade