[ARQUIVO] O primeiro-ministro e secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa (C), ladeado pelo presidente da Assembleia da República (AR), Augusto Santos Silva (D) e pelo ex-presidente da AR, Eduardo Ferro Rodrigues (E), à chegada para um evento de comemoração de 7 anos de governação do partido, na estação fluvial sul e sueste, em Lisboa, 25 de novembro de 2022. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

O primeiro-ministro português, António Costa, cancelou a sua deslocação ao Qatar para assistir na sexta-feira ao jogo da seleção portuguesa frente à Coreia do Sul, do Mundial2022 de futebol, por “motivos de saúde”, disse hoje à Lusa fonte oficial do seu gabinete.

António Costa será substituído pela ministra dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, que tem a tutela do Desporto, acrescentou a mesma fonte.

Depois do triunfo face ao Gana (3-2) na ronda inaugural, Portugal venceu na segunda-feira em Lusail o Uruguai (2-0) graças a um ‘bis’ de Bruno Fernandes (54 e 90+3 minutos, o segundo de penálti), assegurando a presença nos oitavos-de-final da competição.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assistiu ao jogo inaugural da selecção portuguesa, enquanto o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, que é a segunda figura do Estado, esteve presente na partida de segunda-feira.

A presença das principais figuras do Estado português no Qatar tem motivado polémica, pelas críticas que Marcelo e Costa fizeram à violação de direitos humanos naquele país, mantendo, contudo as deslocações previstas, que, no caso do chefe do Governo foi agora cancelada, mas por “motivos de saúde”.

ND com Lusa

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade