Marc Marquez - MotoGP - LUSA

O piloto espanhol Marc Márquez (Honda) será operado pela quarta vez ao úmero direito na próxima semana, anunciou hoje a equipa do antigo campeão mundial de MotoGP.

Em comunicado, a equipa Repsol Honda adiantou que o piloto, que já foi seis vezes campeão mundial de MotoGP, tem “sofrido limitações nos últimos meses que o impediram de render ao nível máximo”.

Por isso, “voltará a passar pela mesa de operações 18 meses após a última intervenção”, explicou a equipa, adiantando que Márquez não sentiu “melhoras nos últimos meses”.

“Infelizmente, tenho de fazer uma pausa na temporada, que me vai manter afastado da competição durante algum tempo. Depois de todos estes meses e de um intenso trabalho com a minha nova equipa médica em Madrid, o meu estado físico melhorou. Contudo, apesar de ter reduzido as queixas e a dor no meu braço direito, continuo a ter limitações”, explicou Márquez.

Limitações que não lhe permitem “pilotar a mota de uma forma adequada para atingir os objectivos”, acrescentou.

Márquez viajará para os Estados Unidos no próximo dia 31 para ser operado pelo médico Joaquin Sánchez Sotelo.

O período de inactividade só será estimado após a intervenção cirúrgica.

O objectivo será retirar algum tecido cicatrizado do úmero e da articulação do ombro, para permitir uma maior mobilidade.

Marc Márquez sofreu uma violenta queda no Grande Prémio de Jerez de la Frontera de 2020, em Espanha, que lhe provocou a fractura do úmero direito, à qual já foi operado três vezes.

O espanhol perdeu toda a temporada de 2020 e cinco corridas da de 2021.

AGYR // AMG

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco via email para geral@lux24.lu.
Siga o LUX24 nas redes sociais. Use a #LUX24 nas suas publicações.
Faça download gratuito da nossa ‘app’ na Google Play ou na App Store.
Publicidade
Publicidade