FC Porto head coach Sergio Conceicao during his team's training session at Olival training center in Vila Nova de Gaia, near Porto, Portugal, 6th April 2021. FC Porto will face Chelsea in their UEFA Champions League quarter final first leg soccer match on 7th April in Seville, Spain. JOSE COELHO/LUSA

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, observou hoje que “não há impossíveis” no futebol, desvalorizando a diferença de orçamento em relação ao Chelsea, na véspera do primeiro encontro nos quartos de final da Liga dos Campeões.

“Quando se entra em campo não se entra a pensar que nós gastámos 25 milhões de euros e o Chelsea 250 milhões no mercado. Não vamos pensar que o Evanilson, que foi o nosso jogador mais caro, custou oito milhões e o deles foi o Havertz, que custou 80. As equipas que jogam connosco na nossa liga podiam pensar o mesmo”, garantiu Sérgio Conceição, em conferência de imprensa.

O técnico assinalou que se vão defrontar-se duas equipas que têm “as suas valias, com uma ideia de jogo bem patente no que fazem semanalmente”: “Obviamente, que olhamos para o Chelsea e vemos que os testes semanais são bem mais competitivos do que os nossos. São jogos sempre incríveis, de um grau de dificuldade enormíssimo, e isso é uma vantagem para eles”, notou.

Sérgio Conceição assinalou que a motivação está no nível máximo e a vontade é seguir para as meias-finais da prova.

“Acreditar faz parte desta casa. Quem não acreditar não pode vestir esta camisola. Essa ambição de ir mais longe, de seguir em frente, todos temos aqui”, explicou.

O técnico portista não vê vantagem no facto de a equipa inglesa ter perdido para o campeonato na última jornada, com o West Bromwich, penúltimo classificado, por 5-2, considerando mesmo que pode ter servido de alerta para o jogo com os ‘dragões’.

“Vocês sabem que o Thiago Silva foi expulso e isso acaba logo por condicionar o resto do jogo, antes, o Chelsea tinha sido uma equipa extremamente competente e forte, na ‘Champions’ é a segunda melhor defesa, ainda não perdeu. Estas derrotas servem de alerta. Preferia que tivessem vencido o último jogo, é a minha opinião. Estas situações fazem tocar a sirene e meter toda a gente mais alerta para o perigo. Não gosto muito destas derrotas”, salientou.

Sobre as dificuldades que espera do adversário, o treinador mostrou ter a lição bem estudada. “O Chelsea tem vários pontos fortes: o Werner ataca a profundidade, o Havertz e o Ziyech jogam bem por dentro, os alas são fortes. É um desafio motivador para a preparação do jogo e sabemos da tarefa que temos pela frente”, explicou.

Sérgio Conceição frisou ainda a vontade de jogar no Estádio do Dragão, em vez de Sevilha, o que acontece devido às condicionantes provocadas pela pandemia de covid-19, mas, ainda assim, apontou o espírito de união da equipa que a faz sentir em casa.

“Claro que gostaríamos de jogar na nossa casa, onde temos as nossas cores e a força do azul, dos dragões no balneário… mas isto é como uma casa. Se olharmos para uma casa, ela faz sentido com a família lá dentro. Mas de há um bom tempo a esta parte, a nossa família, os adeptos, tem estado fora. Acho que não faz grande diferença jogar fora do Dragão”, sustentou.

O técnico elogiou os adeptos do clube, num dia em que cerca de 50 elementos das claques do FC Porto se deslocaram ao Olival para apoiar a equipa, antes da partida para Sevilha.

“Agradecemos o apoio, está sempre presente, gostava de ver também no próximo jogo, com o Tondela, em todos os jogos. Têm sido incansáveis no apoio à equipa, é aquilo que tentamos levar para o campo. Só assim conseguimos fazer jogos como já fizemos”, recordou.

Pepe espera “jogo extremamente difícil” frente ao Chelsea

O defesa Pepe antecipou hoje um “jogo extremamente difícil” frente ao Chelsea, mas advertiu que o FC Porto quer “também ganhar a eliminatória” e apurar-se para as meias-finais da Liga dos Campeões de futebol.

Na véspera de defrontar a formação inglesa, na primeira mão dos quartos de final da ‘Champions’, em Sevilha, o capitão dos ‘azuis e brancos’ garantiu que “a equipa está bem e a desejar que chegue o jogo para demonstrar trabalho”.

“Sabemos que é um jogo extremamente difícil para nós. Somos uma equipa humilde, trabalhadora. Quando vestimos esta camisola temos de honrar, ter garra, respeitar aquilo que fazemos. Respeitamos o Chelsea, mas queremos também ganhar a eliminatória”, garantiu.

Sobre o adversário, Pepe referiu ainda: “É uma equipa que tem um plantel avaliado em quase 700 milhões de euros, mas isso não joga. Têm enormes jogadores, mas nós preparámos bem o jogo e é o jogo em si que vai ditar o que vai acontecer, temos de estar preparados. Não há certezas no futebol, mas espero que possamos estar presentes e ser a equipa a que habituámos os adeptos.”

O jogador salientou ainda a crença na passagem à fase seguinte da prova e apontou o treinador Sérgio Conceição como um dos principais responsáveis por incutir esse sentimento.

“Primeiro, o mérito do nosso treinador faz com que sejamos os primeiros a acreditar na ideia que passa para os jogadores. Hoje em dia não há jogos fáceis. Acreditamos no trabalho que desempenhamos seriamente todos os dias, seguindo ao rigor o que o treinador nos pede. Assim, temos muita probabilidade de ganhar jogos e de passar a eliminatória”, disse.

FC Porto’s Pepe (R) and Felipe Anderson during their team’s training session at Olival training center in Vila Nova de Gaia, near Porto, Portugal, 6th April 2021. FC Porto will face Chelsea in their UEFA Champions League quarter final first leg soccer match on 7th April in Seville, Spain. JOSE COELHO/LUSA

Pepe lamentou o facto de os jogos terem que se disputar em Sevilha, devido às restrições motivadas pela pandemia de covid-19, e salientou a importância de jogar no Estádio do Dragão.

“É sempre bom jogarmos em casa, mesmo que não tenhamos adeptos, faz sempre recordar-nos as cores do estádio, joga-se com isso também. Mas estamos preparados, concentrados, porque não sofrer golos em casa é importante na ‘Champions’, nesse sentido estamos focados, mentalizados para fazermos um bom jogo e não sofrer, que é muito importante”, concluiu.

O FC Porto defronta na quarta-feira, às 21:00 (hora no Luxemburgo), o Chelsea, em Sevilha, em partida da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol.

JYA // RPC

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade