Estádio da Luz – FOTO: UEFA / Facebook

O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, reafirmou hoje, após reunião por videoconferência com o primeiro-ministro, António Costa, que Lisboa reúne as condições necessárias para receber a fase final da Liga dos Campeões e afastou “um plano B”.

Nesta reunião sobre a fase final da Liga dos Campeões de futebol, que se realizará na capital portuguesa, em agosto, participaram também o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, e o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

No comunicado final da reunião, ao qual a agência Lusa teve acesso, refere-se que as diferentes partes “salientaram que estão totalmente empenhadas no sentido de trabalhar em conjunto para realizar com sucesso esse evento em Lisboa”.

De acordo com o mesmo comunicado, Governo português, UEFA e FPF observaram que este será um torneio inédito e que “apresenta grandes desafios, mas reforçaram sua convicção de que as condições necessárias estarão presentes em Portugal para receber os jogos da UEFA Champions League agendados para a temporada 2019/20”.

Durante a reunião, o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, agradeceu a dedicação de António Costa em relação a este projecto desportivo e afirmou-se confiante que o quadro de “colaboração constante” entre as partes vai manter-se”, tendo em vista “concluir de forma positiva” a Liga dos Campeões em Lisboa.

“Não há necessidade de qualquer plano B”, acentuou o presidente da UEFA.

Já o primeiro-ministro congratulou-se por a UEFA reiterar o seu total empenho de realizar a fase final da Liga dos Campeões de futebol em Lisboa.

Na reunião, António Costa também partilhou “uma actualização detalhada sobre a situação da covid-19 em Portugal” e salientou que “todas as medidas estão sendo tomadas para garantir que o país receberá o torneio com condições de segurança”.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade