JÔ SOARES via TWITTER

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, endereçou “sinceras condolências” à família do humorista brasileiro Jô Soares, que morreu hoje aos 84 anos, recordando que “fez rir e pensar durante anos” com os seus “`sketches´ famosos”.

“Os seus `sketches´ ficaram famosos, algumas expressões entraram mesmo na linguagem corrente, fez-nos rir e pensar durante anos, um grande obrigado a Jô Soares, que hoje saiu de cena, mas não dos nossos corações, nem das nossas memórias”, escreveu Marcelo Rebelo de Sousa, numa nota de condolências, divulgada na página oficial da Presidência da República.

O Presidente português apresentou “sinceras condolências” à família e amigos do escritor brasileiro, na nota, que intitulou “Adeus Jô Soares“.

SF (MAG) // CSJ

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade