Os filmes “Mata”, de Fábio Rebelo, e “Pelican Blood”, de Katrin Gebbe, foram premiados no Festival de Cinema de Terror de Lisboa – MOTELX, “num ano atípico e desafiante”, por causa da covid-19, revelou domingo a organização.

Apesar do “espectro de medidas reforçadas de segurança”, o festival contou com mais de 20 sessões esgotadas no cinema São Jorge, refere a direcção do MOTELX.

O prémio de melhor curta-metragem de terror foi atribuído a “Mata”, de Fábio Rebelo, um filme “sólido que joga com o imaginário da literatura fantástica” e que “revela a promessa de um jovem realizador”, justificou o júri.

MOTELX 2020 (14.ª Edição)Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa 2020 / Méliès d’argent:MATA, de Fábio Rebelo

Publicado por MOTELX em Domingo, 13 de setembro de 2020

#MOTELX 2020 (14.ª Edição)Prémio Melhor Curta de Terror Portuguesa / Méliès d'argentMenção Especial:A GRANDE PARÓDIA, de André Carvalho

Publicado por MOTELX em Domingo, 13 de setembro de 2020

No MOTELX foi ainda atribuída uma menção especial ao filme “A grande paródia”, de André Carvalho.

O filme “Pelican Blood”, da realizadora alemã Katrin Gebbe, venceu, por unanimidade, o prémio MOTELX de melhor longa-metragem europeia de terror.

MOTELX 2020 (14.ª Edição)Prémio MOTELX – Melhor Longa de Terror Europeia 2020 / Méliès d’argent: PELICAN BLOOD, de Katrin Gebbe

Publicado por MOTELX em Domingo, 13 de setembro de 2020

O júri aplaudiu um filme “sobre o instinto maternal e a saúde mental, sobre a perda e o sacrifício, sobre o mal como protecção”.

Tanto “Mata” como “Pelican Blood” ficam automaticamente seleccionados para o prémio Méliès de ouro, a atribuído em outubro no Festival de Sitges, em Espanha.

A 14.ª edição do MOTELX termina esta segunda-feira, dia em que serão exibidos, por exemplo, “Pelican Blood” e “Get Out”, de Jordan Peele.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade