A atriz Eunice Muñoz, durante o ensaio geral da peça de teatro "A Margem do Tempo", no lançamento das celebrações dos seus 80 anos de carreira, em Oeiras, 19 de Abril de 2021. Com 92 anos, Eunice Muñoz aceitou voltar aos palcos, de onde está afastada desde 2012, na condição de este espetáculo ser o último da sua carreira. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou quinta-feira (22) à noite a actriz Eunice Muñoz com a Grã-Cruz da Ordem de Santiago da Espada.

A condecoração aconteceu na noite de estreia da peça de teatro “A Margem do Tempo”, no Auditório Municipal, em Oeiras.

Aos 92 anos, Eunice Muñoz diz adeus aos palcos. Vai fazê-lo ao lado da neta, a actriz Lídia Muñoz, na peça “A Margem do Tempo”, queestrou no auditório que tem o nome da actriz.

A actriz Eunice Muñoz (D), acompanhada pela neta Lídia Muñoz (E), durante o ensaio geral da peça de teatro “A Margem do Tempo”, no lançamento das celebrações dos seus 80 anos de carreira, em Oeiras, 19 de Abril de 2021. Com 92 anos, Eunice Muñoz aceitou voltar aos palcos, de onde está afastada desde 2012, na condição de este espectáculo ser o último da sua carreira. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Escrita pelo dramaturgo alemão Franz Xaver Kroetz, a peça tem em cena uma só personagem, a senhora Rasch, representada por Eunice Muñoz e por Lídia Muñoz, que dão corpo à mesma personagem em fases diferentes da vida.

A peça estará em cena no Auditório Eunice Muñoz até 23 de abril, tendo já outras datas agendadas nos palcos nacionais:

  • 27 de abril em Loulé, no Cine-Teatro Louletano;
  • 7 e 8 de maio nos Açores, no Coliseu Micaelense, em Ponta Delgada.
  • 15 de maio, Gafanha da Nazaré,
  • 21 de maio, Convento de São Francisco, em Coimbra;
  • 29 maio em Pombal.
A actriz Eunice Muñoz (D), acompanhada pela neta Lídia Muñoz (E), durante o ensaio geral da peça de teatro “A Margem do Tempo”, no lançamento das celebrações dos seus 80 anos de carreira, em Oeiras, 19 de Abril de 2021. Com 92 anos, Eunice Muñoz aceitou voltar aos palcos, de onde está afastada desde 2012, na condição de este espectáculo ser o último da sua carreira. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Eunice Muñoz estreou-se aos 12 anos, no palco do Teatro Nacional D. Maria II, celebrizou-se por personagem marcantes ao longo de toda a sua carreira, nomeadamente com a peça “Mãe Coragem” ou quando representou Dona Branca, na novela “A Banqueira do Povo”, na televisão.

As celebrações dos 80 anos de carreira de Eunice Muñoz irão decorrer ao longo do ano de 2021.

ND // ND

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões, sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade