O realizador norte-americano Woody Allen – FOTO: ANDER GILLENEA / AFP

A autobiografia do realizador Woody Allen, “A propósito de nada”, vai ser publicada em Portugal pelas Edições 70 e chega às livrarias no próximo mês de julho, disse à agência Lusa fonte do grupo Almedina.

A biografia, escrita na primeira pessoa por Woody Allen, viu-se desde o início envolvida em polémica, devido à recusa das editoras norte-americanas em a editarem, pressionadas pelas acusações de abuso sexual que impendem sobre o realizador.

Em março, o grupo editorial Hachette, detentor dos direitos de publicação e que tinha aceitado publicar “Apropos of Nothing” (título original), nos Estados Unidos, anunciou que afinal não o faria, depois de protestos de funcionários, devido às acusações de abuso sexual à sua filha adotiva Dylan Farrow, de que Woody Allen é alvo, por parte da própria, da ex-mulher Mia Farrow e do filho de ambos, Ronan Farrow.

Foi então que a editora Arcade Publishing decidiu avançar com a publicação da autobiografia, e lançou-a no final daquele mês.

A autobiografia de Woody Allen vai chegar a Portugal pelas mãos do grupo Almedina que, através da chancela Edições 70, conta colocá-la à venda nas livrarias, no próximo mês de julho.

Em 2014, Dylan Farrow, filha adotiva de Woody Allen e Mia Farrow, acusou o pai de ter abusado sexualmente dela em 1992, quando tinha apenas sete anos, uma acusação que reiterou em 2018, mas que Woody Allen sempre desmentiu e que nunca foi comprovada pelas investigações que se fizeram ao caso.

Este é um dos temas da vida privada de Woody Allen que o cineasta aborda em “A propósito de nada”.

Publicidade
Falhas, erros, imprecisões ou sugestões?
Por favor fale connosco.
Publicidade

Todas as notícias e conteúdos no LUX24 são e continuarão a ser disponibilizadas gratuitamente, mas nunca como agora precisamos da sua ajuda para continuar a prestar o nosso serviço público.

Somos uma asbl – associação sem fins lucrativos – e não temos qualquer apoio estatal ou institucional, apesar do serviço público que diariamente fazemos em prol da comunidade portuguesa e lusófona residente no Luxemburgo, e já sentimos o efeito da redução da publicidade, que nos garante a manutenção do nosso jornal online.

A imprensa livre não existe nem sobrevive, sem o suporte activo dos seus leitores – sobretudo em épocas como esta, quando as receitas de publicidade se reduziram abruptamente, e nós continuamos a trabalhar a 100%.

Só lhe pedimos que esteja connosco nesta hora e nos possa ajudar com o seu donativo, seja ele de que valor for. Prometemos que continuaremos a ser a sua companhia de todas as horas.

Pode fazer o seu donativo por transferência bancária para a conta do LUX24:
IBAN: LU790250045896982000
Código BIC: BMECLULL

LUX24 asbl
#VaiFicarTudoBem

Publicidade