Um empate frente ao Santa Clara é o suficiente para o Benfica chegar no sábado ao 37.º título de futebol da sua história, com o FC Porto a precisar de vencer o Sporting e de uma derrota ‘encarnada’.

A grande decisão está marcada para sábado, às 19:30 (hora do Luxemburgo), na 34.ª e última jornada da I Liga, com vantagem do Benfica, que frente aos açorianos, 12.ºs classificados, até pode perder e ser campeão, se o FC Porto não triunfar no ‘clássico’.

As ‘águias’, que na primeira volta venceram nos Açores por 2-0 (golos de Seferovic e Jardel), estão muito perto de reforçarem o estatuto de clube com mais títulos de campeão, com o FC Porto à espera de um ‘milagre’.

O dia das decisões não está, teoricamente, do lado do campeão, que precisa de ver o Benfica perder no Estádio da Luz e pôr fim a uma série de 18 jogos sem perder na Liga (17 vitórias e um empate), desde que o treinador Bruno Lage assumiu a equipa.

Um cenário improvável, a que se junta ainda a obrigação do FC Porto vencer o seu jogo, sempre de elevado equilíbrio, frente ao também rival Sporting, com quem empatou esta época duas vezes, no campeonato e na final da Taça da Liga.

Positivo para a equipa de Sérgio Conceição pode ser a possibilidade de os ‘leões’, que têm o terceiro lugar definido, pouparem na última jornada jogadores, já a pensar em novo confronto com os ‘dragões’, uma semana depois, na final da Taça de Portugal.

Para as decisões na Luz, o Benfica tem quase todos os jogadores disponíveis, tirando os lesionados de longa duração Ebuehi, Conti, Corchia e Gabriel, enquanto o FC Porto não terá no Dragão Casillas, depois de um enfarte agudo do miocárdio, e Brahimi está em dúvida.

Certo é que o Sporting, independentemente das opções do treinador Marcel Keizer, também jogará o clássico sem Ristovski e Coates, castigados, e com Battaglia e Bruno Gaspar ainda lesionados.

Com a rota do título a passar pelo Luz ou Dragão, a última jornada decide também qual a equipa que se junta a Feirense e Nacional na descida à II Liga, num confronto direto entre Tondela e Desportivo de Chaves.

Os dois emblemas têm os mesmos 32 pontos, mas o Tondela, a jogar em casa, no domingo a partir das 18:30 (hora luxemburguesa), está obrigado a vencer, devido ao desempate por confronto direto – em caso de empate -, perante o triunfo transmontano na primeira volta (2-1).

É uma matemática simples para a descida de divisão, com Pepa a não poder contar no Tondela com três defesas (Moufi, Ricardo Costa e Jorge Fernandes), castigados, e o Chaves sem Luther Singh e Niltinho, também de fora devido à série de amarelos.

O Tondela subiu à I Liga em 2015/16, mantendo-se quatro épocas, enquanto o Desportivo de Chaves esteve na última vez no escalão secundário em 2015/16, conseguindo estar na Liga principal nos dois últimos anos, no último dos quais com um sexto lugar.

A ‘despedida’ da edição 2018/19 começa na quinta-feira, com a receção do Belenenses (10.º) ao despromovido Nacional (17.º), duas equipas que terminam o campeonato com destinos diferentes, mas em ‘agonia’, ambas sem vencerem há nove jornadas.

Um dia depois, na sexta-feira, o Sporting de Braga, com a quarta posição assegurada, recebe o Portimonense, antes do sábado que dominará as atenções futebolísticas no país, com a decisão do título, antecedido por três jogos em forma de aperitivo.

Sem nada de importante em jogo a tarde de futebol dá o pontapé de saída às 15:30, com o Feirense-Desportivo das Aves, Marítimo-Boavista e Vitória de Setúbal-Rio Ave.

No domingo fecha-se o capítulo, primeiro com os corações no Estádio João Cardoso, em que a alegria de uns será as lágrimas de outros, no Tondela-Desportivo de Chaves (17:30), e depois com o encerrar da cortina no Moreirense-Vitória de Guimarães.

Em Moreira de Cónegos joga-se para o quinto lugar, com a equipa da casa a receber o Vitória de Guimarães, num jogo em que os vimaranenses, a três pontos, precisam obrigatoriamente de vencer para ultrapassarem o rival minhoto, equipa sensação da Liga.

Programa da 34.ª jornada (hora luxemburguesa):

– Quinta-feira, 16 mai:

Belenenses – Nacional, 19:30.

– Sexta-feira, 17 mai:

Sporting de Braga – Portimonense, 21:30.

– Sábado, 18 mai:

Feirense – Desportivo das Aves, 16:30.

Marítimo – Boavista, 16:30.

Vitória de Setúbal – Rio Ave, 16:30.

Benfica – Santa Clara, 19:30.

FC Porto – Sporting, 19:30.

– Domingo, 19 mai:

Tondela – Desportivo de Chaves, 18:30.

Moreirense – Vitória de Guimarães, 21:00.