O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, viaja hoje para Bruxelas para discutir com funcionários europeus “questões urgentes” como o Irão, adiando por um dia a viagem à Rússia, indicaram fontes oficiais.

O chefe da diplomacia norte-americana, que deveria chegar hoje a Moscovo, vai falhar a agenda na capital russa e encontrar-se-á com o Presidente russo, Vladmir Putin, e o homólogo russo, Sergei Lavrov, em Sochi, na costa do Mar Negro, na terça-feira.

Em Bruxelas, está hoje previsto um conselho “Assuntos da União Europeia”, mas o Departamento de Estado norte-americano não especificou quais as reuniões que figuram na ordem do dia de Mike Pompeo.

A diplomacia norte-americana adiantou apenas que Pompeo irá reunir com funcionários de França, Reino Unido e Alemanha, três países europeus que assinaram o acordo nuclear iraniano em 2015.

No passado dia 08, o Presidente do Irão, Hassan Rohani, deu 60 dias às potências mundiais para se negociar um novo acordo nuclear, adiantando que se tal não acontecer retomará o enriquecimento do urânio.

A União Europeia pediu imediatamente ao Irão que continue a respeitar as suas obrigações ao nível do programa nuclear e rejeitou “qualquer tipo de ultimato”, comprometendo-se a “continuar os esforços para permitir a continuação do comércio legítimo” com Teerão.