Pedro Fernandes, Presidente da Casa de Moçambique no Luxemburgo, satisfeito com a recolha de ajuda humanitária no Grão-Ducado.

A Casa de Moçambique no Luxemburgo recolheu cerca de três toneladas de ajuda humanitária para enviar para aquele países da lusofonia devastado pela passagem do ciclone Idai.

Bens alimentares (arroz, feijão, atum e outros), água, roupas, calçado e algumas camas desmontáveis fazem parte do muito material que será enviado para Moçambique.

“Conseguimos perto de três toneladas de ajuda. Estou muito satisfeito com a adesão, que superou as nossas expectativas. Tivemos que dobrar a capacidade do contentor que vamos enviar, para os 40 pés”, disse, ao LUX24, Pedro Fernandes, Presidente da Maison du Mozambique – Luxembourg.

 

Maison du Mozambique – Lux entrega bens que serão enviados para Moçambique, para ajudar as vítimas do ciclone Idai.Muito obrigado a todos os que ajudaram nesta doação. O povo moçambicano está muito grato.

Publiée par Maison du Mozambique – Luxembourg sur Lundi 15 avril 2019

 

“Quero em nome da associação e do meu país deixar uma palavra de agradecimento a todos os que contribuíram nesta causa, para tentar minimizar a tragédia que assolou Moçambique”, rematou Pedro Fernandes.

Neste momento, continua a decorrer uma angariação de donativos, em conjunto com a ONG Médicos Sem Fronteiras – Luxemburgo – que já ultrapassou os 4.000 euros.

Publicidade