Os Estados Unidos da América doaram 125 toneladas de suprimentos de emergência a comunidades das áreas afectadas pelo ciclone Idai.

De acordo com a embaixada norte-americana em Moçambique, os militares norte-americanos realizaram quinze missões, utilizando aeronaves C-130 Hercules, C-17 Globemaster e C-12 Huron para transportar mercadorias e pessoal essenciais associados aos esforços de assistência.

Um comunicado da embaixada refere ainda que o Governo dos EUA está a trabalhar com as organizações não-governamentais internacionais World Vision e CARE para fornecer água potável e suprimentos de higiene para 150 mil pessoas, com o objectivo de ajudar prevenir a propagação de doenças transmitidas pela água, como a cólera.

De acordo com o ponto de situação divulgado esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Gestão de Catástrofes (INGC) de Moçambique, 518 pessoas morreram em consequência do ciclone que atingiu o país. Há mais de 500 casos de cólera confirmados.