O Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, ordenou quarta-feira (13) a suspensão “imediata” dos voos dos aviões do modelo Boeing 737 MAX 8 e 9.

A medida surge após o acidente com o avião da Ethiopian Airlines no passado domingo (10), em que morreram 157 pessoas.

Vários países da União Europeia, incluindo o Luxemburgo, fecharam o espaço aéreo a estes modelos. Mais de 50 países em todo o mundo decidiram interditar os respectivos espaços aéreos aos Boeing 737 MAX.

O acidente na Etiópia provocou a morte das 157 pessoas (149 passageiros e oito tripulantes) que seguiam a bordo.

As vítimas são de 35 nacionalidades e pelo menos 21 eram funcionários das Nações Unidas, não havendo registo de vítimas luxemburguesas ou portuguesas no acidente.