Luís Marinho, professor de Direito e Ciência Política.

Nos anos 20 eram as camisas negras a levar tudo à frente na marcha sobre Roma.

Plantaram Mussolini no poder e levaram a Itália para a derrota e humilhação com o “duce” pendurado como um farrapo nas ruas de Milão. Foi o Fascismo.

Nos anos seguintes foram os camisas castanhas a destruir e matar todos os alemães que tinham a coragem de enfrentar Hitler. Acabaram, com a Alemanha destruída e desprezada pela derrota na 2.ª Guerra que fez mais de 50 milhões de mortos.

Agora, perante a distração e alguma cobardia dos seus concidadãos, bandos de bandidos, com o apoio da Le Pen e da extrema-esquerda, passam os tempos livres a partir e assaltar o que aparece, nas ruas e praças de Paris, num protesto muito vago sobre uns patacos a mais, para andar de popó!

São os amarelos. Cuidado. São tão perigosos como os que outrora fardavam na Itália e na Alemanha de ‘noir’ e ‘marron’!

 

*Luís Marinho, professor de Direito e Ciência Política, escreve quinzenalmente aos sábados no LUX24.