As doenças cardiovasculares são a primeira causa de morte no Luxemburgo, sendo responsáveis por 38,1% das mortes registadas no país, de acordo com dados do Governo.

Segundo um comunicado do Ministério da Saúde, as estatísticas de mortalidade em 2016 publicadas recentemente confirmam que as doenças cardiovasculares “continuam a ser a primeira causa de morte, com 38,1%” no Luxemburgo.

De referir que cerca de 31% dos residentes no Grão-Ducado, com idade entre os 25 e os 65 anos, sofrem de hipertensão arterial. É um dos valores mais elevados da Europa.

Os dados foram revelados pela tutela à margem do Dia Mundial do Coração. A efeméride é assinalada esta quarta-feira, entre as 10:00 e as 16:00, com uma ações de sensibilização do Ministério da Saúde e da Sociedade Luxemburguesa de Cardiologia na Place d´Armes, no Luxemburgo.